Castelo de Cardiff, País de Gales

Cardiff, capital do País de Gales, é uma cidade não muito grande e repleta de encantadores parques e jardins. Fica a 2 horas de trem partindo de Londres e é uma ótima opção para descansar durante o fim de semana ou mesmo para passar um dia.

Além de ser um ótimo destino para fugir um pouco do dia-a-dia agitado, a cidade possui também uma outra atração que encanta seus turistas: o castelo de Cardiff.

Datado do século XI, o castelo foi erguido em um local onde antes havia um forte romano construído por volta do século III. Posteriormente, ergueu-se uma torre de menagem normanda e, após, o castelo.

O palácio, sempre palco de histórias de guerras e conquistas, já passou por diversas famílias de monarcas. Ao longo de suas ocupações, a construção sofreu inúmeras mudanças arquitetônicas. Primeiramente construído em madeira e depois reconstruído em pedra, a última mudança no castelo de Cardiff foi feita no período compreendido entre 1868 e 1881 pelas mãos do arquiteto William Burges, contratado por John Crichton-Stuart, terceiro Marquês de Bute.

Reconstruído com base no que se fantasiava sobre a idade média durante o século XIX, o castelo, que possui torres altas e pontiagudas e detalhes esculpidos na fachada, é hoje um dos maiores exemplares de arquitetura neogótica em estilo vitoriano.

Durante a visita, é possível conhecer o luxo e a sofisticação dos grandes cômodos do castelo: a Sala de Fumo de Verão, a Sala de Fumo de Inverno, a Sala Árabe, a Sala de Chaucer, a Sala de Banquete, a Biblioteca, o Quarto de Lorde Bute, o Jardim Coberto, entre outros. O interior do castelo é repleto de ornamentos de madeira com revestimento dourado, pinturas e outras obras de arte que ilustram as batalhas das dinastias que ali viveram, além de contar com um sistema de aquecimento central instalado por Lorde Bute em 1870.

Do lado de fora, pode-se observar as torres do castelo, responsáveis pelo seu ar gótico. Algumas destas torres foram desenhadas por Burges e outras são anteriores a ele. Além da famosa Torre do Relógio, há ainda a Torre Reservatório, a Torre do Convidado, a Torre Herbert e a Torre Beauchamp.

Nos jardins gramados, além da visão do palácio e da torre normanda, há também réplicas de objetos utilizados anteriormente, como armas e instrumentos de tortura. Em determinadas épocas do ano, os jardins abrigam ainda apresentações de lutas medievais, barraquinhas de comida e um show com falcões.

O castelo de Cardiff abre diariamente para visitação. Os horários devem ser verificados antes da visita, pois variam de acordo com a época do ano.

Deixe uma resposta

Note: Comments on the web site reflect the views of their authors, and not necessarily the views of the bookyourtravel internet portal. Requested to refrain from insults, swearing and vulgar expression. We reserve the right to delete any comment without notice explanations.

Your email address will not be published. Required fields are signed with *

*
*